Cooperativa nacional terá board da companhia como mentores das startups selecionadas no projeto realizado pelo Banco



A Central Nacional Unimed anuncia uma parceria inédita com o BNDES Garagem - Negócios de Impacto, um programa de aceleração para startups. A iniciativa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social tem a missão de desenvolver e fomentar o empreendedorismo no Brasil, por meio do apoio a empreendedores(as) e startups. A CNU tem contribuído de forma estratégica com mentorias de executivos experientes do grupo a 14 dos 45 projetos selecionados, de forma a colaborar com o desenvolvimento dos negócios e de soluções criativas.

 

O presidente da Central Nacional Unimed, Luiz Paulo Tostes Coimbra, destaca que a inovação tem sido uma pauta constante na companhia por meio de parcerias robustas e da reorganização de processos internos, que trazem eficiência para beneficiários e clientes. “Apoiar iniciativas como o Programa BNDES Garagem é uma forma assertiva, ágil e eficiente de melhorar o nosso País, de abrir horizontes para o empreendedorismo e para a geração de tecnologia, negócios, empregos e renda. São mais de 50 anos de cooperativismo Unimed espalhado por todo o País e não há dúvidas de que temos muito a contribuir na criação de soluções positivas para a sociedade e aprender sempre, com esses novos modelos de negócios”, complementa o presidente.
 

O programa está em sua segunda edição e é totalmente gratuito aos grupos selecionados. Com início no primeiro semestre de 2021, a iniciativa destaca o objetivo de impulsionar negócios de impacto que queiram colaborar para a resolução de desafios sociais ou ambientais do Brasil. Participam dessa ação empreendedores com soluções inovadoras - já lançadas no mercado ou ainda em desenvolvimento. Por isso, o programa é dividido em dois estágios: o da criação, para os que ainda estão começando a empreender e precisam de apoio para dar os primeiros passos, e o da tração, para aqueles que já têm um negócio de impacto e querem auxílio para crescer. Os selecionados no BNDES Garagem têm acesso a workshops, conteúdos, acompanhamento individual, mentorias, eventos de conexão, além de entrada à rede de parceiros. A metodologia de aceleração do programa conta com a parceria das organizações Artemisia, Wayra e Liga Ventures.
 

“De um lado, conectamos diretamente as startups do programa com mentores especialistas da CNU para ajudar os empreendedores com base na experiência adquirida ao longo de suas carreiras a identificarem desafios, oportunidades, gerar conexões e networking, maximizar o potencial do negócio e trocar experiências. De outro, proporcionamos à CNU o contato com uma cultura empreendedora, de inovação e agilidade. É uma parceria ganha-ganha”, explicou Danielle Leonel, Gestora de Relacionamentos Institucionais da Liga Ventures.
 

Para Dante Lopes, head de inovação na Central Nacional Unimed, a atuação da maior cooperativa do Sistema Unimed no projeto do BNDES representa a possibilidade de compartilhar uma visão estratégica dos negócios e trazer novos insights para projetos da marca, uma vez que as startups selecionadas oferecem soluções para áreas além da saúde. “Será uma via de mão dupla: tanto levaremos conhecimentos e experiências, quanto nos aproximaremos da inovação e da criatividade destes novos talentos empresariais. Estaremos mais perto daqueles que estão começando e dos que visam crescimento”, explica o Lopes. Os ciclos de mentoria envolvem encontros mensais com os grupos de startups, que tiveram início em 01 de dezembro e irão até fevereiro de 2022. Para mais informações sobre o programa, é só acessar: https : // garagem . bndes . gov . br/.

 

Fonte: Central Nacional Unimed